O espírito da Lava Jato

Pois baixou o Caboclo Ventania no Ministério da Justiça, ligando o ventilador no momento em que o Governo está em um labirinto estreito, sem ter para onde se voltar e encontrar uma saída. O novo titular, Eugênio Aragão faz ameaças à Polícia Federal, ao Judiciário e à própria Operação Lava Jato.

brasil-706x410

Aragão é antigo no Ministério Público, do tempo em que promotor também podia advogar e todos achavam isso muito natural. As coisas mudaram. O sucesso da Operação Lava Jato se deve a que, afora os protagonistas e agregados, todo o resto da população acha que lugar de gatuno é na cadeia.

Parece que o novo titular da Justiça trouxe do passado remoto a ideologia do Brasil Colônia que colocava instituições públicas – a Polícia e o próprio Judiciário – a serviço do poder e não da defesa da sociedade. Em entrevista à Folha de São Paulo, Aragão cunhou esta joia: “Se a gente tolera que o grandalhão vai para cadeia enquanto não resolve abrir a boca, então o pequeno pode ir para o pau de arara”.

Alguém devia informar ao novo ministro da Justiça que, em nome do povo brasileiro, o Judiciário e a Polícia estão tentando pôr o grandalhão na cadeia para livrar o pequeno do pau de arara. É este o espírito da Operação Lava Jato.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *